Separei aqui 4 dicas para ajudar você a evitar dores de cabeça.

dica#1: Perfil e reputação da empresa

Vale a pena conferir as redes sociais e o site da empresa, procure por publicações recentes, depoimentos e avaliações de clientes. Certifique também o portfólio e o conhecimento que a empresa tem na área.

dica#2: Cuidado com falsas promessas

Fique atento(a) quando houver preço muito baixo junto a diversos recursos, como hospedagem grátis e páginas ilimitadas. Se você busca qualidade com certeza em algum momento algo vai te decepcionar.

dica#3: Qual o suporte oferecido?

Metade dos clientes que me procuram, tiverem problemas com funcionamento e dificuldades para gerenciar o site. A empresa deve prestar algum suporte pós entrega, providenciar um gerenciador de conteúdo e explicar ao cliente sua utilização.

dica#4: Plataforma e temas prontos

Não sou fã de WIX ou temas prontos para WordPress, mas é preciso dobrar a atenção se for esta a sua opção. Peça detalhes sobre a procedência do tema e plug-ins que serão utilizados, não deixe de checar o suporte e atualizações para garantir o funcionamento do site.

Aqui trabalhamos com WordPress utilizando Elementor para contrução do site, mas sem utilização de temas e recursos prontos, e também a opção do html puro utilizando o WordPress apenas para gerenciar o conteúdo, você decide como receber o seu site ao optar por um plano (com elementor) ou no orçamento sob medida (html).

Ambas as opções vai te atender muito bem.

 

Verifique nossos planos para criação de site, ou se desejar solicite um orçamento sob medida


VER PLANOS

Este artigo pode ser interessante para alguém que você conhece, compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp